sábado, 16 de março de 2013


Valor nutricional

O chocolate é um alimento de elevador teor calórico, especialmente por seu elevados teores de gordura. A versão ao leite tem 540 calorias por 100 gramas e 30,3% de gordura na versão convencional e 557 calorias e 33,8% de gordura na versão diet. O meio amargo 475 calorias e 29,9% de gordura, o branco 536 calorias e 31,5% de gordura.[38] Além disso, é rico em alguns minerais, tais como manganêspotássio e magnésio, e algumas vitaminas, como as vitaminas do complexo B por exemplo,[36] além de traços de ferro e cobre[39]. Também apresenta em sua composição o ácido graxo insaturado ácido oleico.[36] O conteúdo da gordura do chocolate é essencialmente de origem vegetal, o que significa que é pobre em colesterol, uma vez que o chocolate ao leite contém apenas cerca de 3,5% de gordura láctica.[39]

Saude

Apesar de o chocolate ser geralmente consumido por prazer, há alguns efeitos positivos para a saúde. O cacau em pó ou o chocolate amargo, por exemplo, são benéficos para o sistema circulatório, estimulantes cerebrais, entre outros. As propriedades afrodisíacas dos chocolates ainda não foram comprovadas. Por outro lado por ser um alimento altamente energético, o consumo excessivo aumenta o risco de obesidade.

Efeitos em animais


Em certas quantidades, a teobromina encontrada no chocolate é venenosa a animais como cães[44][45]gatos (especialmente filhotes), cavalospapagaios ehamsters. A teobromina estimula o sistema nervoso central e o músculo cardíaco. Cerca de 1 kg de chocolate ao leite, ou 146 g de chocolate de culinária (couverture) são suficientes para matar um cão de 22 kg.[46]